Quanto custa um Seguro Residencial

01/02/2017

Quanto custa um Seguro Residencial

Quanto custa um Seguro Residencial
Em comparação com os demais ramos de seguro, o Seguro Residencial é relativamente barato.

Conforme explicado anteriormente, a cobertura principal de Incêndio/Raio/Explosão não é a que mais influencia no valor do Seguro Residencial e sim a cobertura de Roubo e Furto de Bens, seguida pela cobertura de Danos Elétricos.

Como avaliar as coberturas do Seguro Residencial

Para saber quanto custa o Seguro Residencial avalie os valores da seguinte forma:

Na cobertura principal de Incêndio/Raio/Explosão considere apenas o valor do prédio e seu conteúdo, já que em caso de um dano maior (Explosão) você não irá perder o terreno.

Para Roubo e Furto de Bens é preciso ter mais atenção. Lembre-se que geralmente os assaltantes preferem bens leves que possam ser carregados facilmente e também que tenham facilidade de vender para os receptadores.

Essa é a cobertura mais cara do Seguro Residencial, justamente por ser a mais utilizada, então procure somar os valores dos bens mais expostos ao risco como TVs, Video Games, Tablets, Notebooks, Câmeras Digitais, Filmadoras e Bicicletas.

Não é muito comum que os assaltantes levem fogões ou geladeiras, por exemplo.

Desta forma você conseguirá um valor de cobertura menor e suficiente para o pagamento dos prejuízos na maior parte das ocasiões e ainda faz com que o seu Seguro Residencial não fique tão alto.
Você pode utilizar a mesma lógica para Danos Elétricos.

Não é preciso colocar 100mil de cobertura se você só possui 20mil em bens eletroeletrônicos que possam ser afetados por um dano elétrico.

Seguro Residencial

Como funciona seguro residencial Coberturas do seguro residencial Quanto custa seguro residencial
Como contratar seguro residencial Como calcular seguro residencial